top of page
  • Amália Machado

Método quantitativo – O que é e como fazer?

Atualizado: 19 de jul. de 2023

Está fazendo um projeto de pesquisa com uma abordagem quantitativa e está com dúvida sobre como estruturar e escrever o seu capítulo de método da sua dissertação ou tese?


No post de hoje, vamos dar sequência aos assuntos discutidos ao longo do último mês sobre o método do seu projeto de pesquisa no mestrado ou doutorado.


Uma pesquisa quantitativa vai ser aquela onde você, basicamente, coletará dados em formato de número e, posteriormente, analisará eles por meio de cálculos estatísticos.


Fizemos, também, um vídeo sobre esse assunto no nosso canal do YouTube:



Bom, mas vamos falar da tal pesquisa “quanti”...


O que é a pesquisa quantitativa?


A pesquisa quantitativa é aquela onde o(a) pesquisador(a) vai analisar uma quantidade de dados de uma amostra, onde as informações serão expressas em termos numéricos e serão tratadas e entendidas por meio do uso de técnicas de análise estatística.


A pesquisa quantitativa é, normalmente, derivada de uma hipótese que será testada. Os cálculos estatísticos resultarão em um valor que, dada a interpretação do(a) pesquisador(a), pode validar ou não a hipótese de pesquisa.


Desta forma, a pesquisa quantitativa, tanto no mestrado quanto no doutorado, tem o objetivo de verificar se existe ou não relação entre conceitos/variáveis.


Quais são os pressupostos por trás da pesquisa quantitativa?


Os principais pressupostos da pesquisa quantitativa são:

  • Tem como principal objetivo investigar um fenômeno em amplitude.

  • O viés do(a) pesquisador(a) é diminuído através dos tipos de dados coletados e das técnicas de análise aplicadas.

  • Baseada no raciocínio dedutivo, ou seja, você somente desenha conclusões explicitadas nos resultados.

  • Permite a generalização dos resultados para uma população, quando utiliza as técnicas de análise da estatística inferencial.

  • Baseia-se sempre em população e amostra definidas.


Como eu coleto dados quantitativos?


A técnica de coleta de dados mais utilizada em pesquisas quantitativas são os formulários ou questionários. As perguntas deste questionário são perguntas fechadas, com respostas pré-definidas. Essas respostas podem estar baseadas em escalas, que tem como objetivo medir algo. Alguns exemplos de aplicação destes formulários/questionários são as fichas de acompanhamento de um experimento de laboratório, as respostas de uma pesquisa de levantamento (survey) aplicada com pessoas, os dados de utilização de algum serviço ou produto, entre outros.


Para isso, você precisa encontrar escalas nos estudos que está lendo, nos artigos científicos selecionados para sua revisão de literatura, para embasar a sua pesquisa.


Outra possibilidade é desenvolver a própria escala. Para isso, você precisará delimitar todos os aspectos que quer medir, encontrar literatura que explique como medir esses aspectos e transformar isso tudo em perguntas a serem respondidas numericamente. Depois disso, é necessário validar a escala seguindo um método replicável.


Como eu analiso dados quantitativos?


Como mencionado anteriormente, a análise de dados quantitativos depende exclusivamente de técnicas de análises estatísticas. Normalmente, os(as) pesquisadores(as) utilizam algum software que vai ajudar a organizar os dados e realizar os cálculos de acordo com o seu objetivo (Excel, SPSS, R Studio...).


Os dados de cada respondente serão agrupados em variáveis analisadas e, estatisticamente, você vai poder descrever a amostra dos dados coletados (estatística descritiva) ou inferir e generalizar resultados desta amostra para a população (estatística inferencial).


Que resultados eu posso esperar de uma pesquisa quantitativa?


Uma pesquisa quantitativa vai retornar ao(à) pesquisador(a) valores descritivos dos dados coletados e análises mais complexas provenientes de cálculos mais avançados. No entanto, somente os números não têm importância nenhuma.


Você como pesquisador(a) deve ser capaz de interpretar os números e derivar conclusões com base nos objetivos da pesquisa e no seu referencial teórico.


A pesquisa quantitativa demanda um conhecimento mais aprofundado dos conceitos e dos cálculos estatísticos envolvidos na análise. Mesmo que você não faça nenhum cálculo, se você não souber o que cada um faz, não saberá como redigir o seu projeto de pesquisa, não terá objetivos claros e, pior ainda, não coletará dados relevantes. Muitos(as) pesquisadores(as) coletam dados que, na hora de analisar, não entregam o real potencial da pesquisa. Por isso, tome muito cuidado ao delimitar a sua pesquisa.


E no capítulo de método?


Primeiramente você vai descrever o porquê de estar adotando uma abordagem quantitativa.

Depois, vai descrever quem é sua população e a amostra que você vai utilizar para a sua pesquisa.


Na parte de coleta de dados, você precisa apresentar como estruturado seu formulário/questionário e quais escalas serão utilizadas, bem como a técnica de coleta de dados que você utilizará (pesquisa de levantamento, experimento, etc).


Por fim, na parte de análise dos dados, você deve deixar claro quais são as técnicas de estatística que irá aplicar para analisar as variáveis do seu estudo e validar as hipóteses.


Espero que você tenha gostado do conteúdo deste post e que ele tenha te ajudado a mandar muito bem na pesquisa quantitativa.


Te vejo em outro post aqui no blog.


Um abraço,

Amália da Acadêmica

Comentários


bottom of page